Daily stories

A vida de um agente multifacetado

Como se encontra alguém que não quer ser encontrado?

– Espera-se que mude de ideias…

– O que não vai acontecer…

– Definitivamente…

– E então?

– Deixa lá…

– Desistes?

– Nunca!

– Mas sabes que não vai acontecer…

– Sim, mas nunca vou desistir. Vou esperar. Tenho esperança que um dia haja brilho nos seus olhos e volte a sorrir. Pode ser que aí já se deixe encontrar. Vencer por cansaço já era. Tentas cansar e tornas-te chato, irritante, repetitivo, ainda que o faças sempre de forma diferente. Tudo vai dar ao mesmo. Maças as pessoas com a insistência. É preciso deixar que cada qual viva a sua vida de acordo com o que acha melhor para si. Tu apenas podes dar uma opinião, a tua opinião. Não podes forçar alguém a fazer algo que tu queiras ou a pensar como pretendes. Tens que explicar o teu ponto de vista e deixar a pessoa matutar. Se prefere manter o seu estilo, então assim será, não o podes impedir. A vida é democrática. Deixa viver.

– Mas…

– Não penses mais nisso. Eu estou seguro que algo vai mudar. As pessoas têm os seus momentos.

-Vai sonhando…

– E sonho. O sonho não paga imposto, o sonho comanda a vida, já dizia o poeta.

– Lá tá! O poeta. Mas ele não percebe patavina…

– O poeta sabe mais do que aparenta, vive a vida com cada palavra que escreve ou declama. O poeta sabe o que é sofrer, o que é amar, o que é ter algo de grandioso e o perder. O que é ter nada e de repente ter tudo o que precisa.

– Tás-te a passar!

– Nada disso. Tou a pensar com o coração…

Comments are closed.